Resenha: Mila Maia – Mais Uma Chance para o Amor #1

20170814_233421

Título do livro: Mais Uma Chance para o Amor #1
Autor (a): Mila Maia
Editora: Independente
Páginas: 244 páginas
Gênero: Literatura nacional, romance
ASIN: B06ZZY2DBY
Nota: estrela estrela estrela estrela estrela

 

Link para comprar: Amazon.com.br

 

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”

Sinopse: 

Desde a adolescência, quando se conheceram, Melanie e Jake se tornaram melhores amigos e confidentes. O que era para ser apenas uma grande amizade se tornou o primeiro amor, mas quando uma grande confusão aconteceu, ela foi embora levando um bebê em seu ventre.

Seis anos depois, Melanie retorna a São Conrado para ficar com sua mãe. Ao ver sua amada, Jake tenta explicar tudo o que havia acontecido, mas ao descobrir que tinha um filho do qual nunca soube da existência, ele muda suas prioridades.

Muita coisa mudou na vida de ambos, os dois mudaram e amadureceram, mas o que fazer quando o que sentiam um pelo outro resistiu ao tempo?

Com muita persistência, eles resolvem lutar pelo sentimento que, mesmo adormecido, sempre esteve presente.

Resenha:

Mais Uma Chance Para O Amor é aquele livro que você precisa ler com um lencinho junto, porque você vai chorar muitooooo.

A sinopse ali em cima já conta um pouco da estória (sim, estória com E, porque quando é ficção, se escreve assim).

Esse livro você fica tão envolvente, que você quer entrar na estória junto.

Chorei tanto nesse livro, como se um ente querido meu tivesse morrido, sem exagerar. Acho que eu estava muito sensível durante a leitura.

Indico muito a leitura, tenho certeza que vocês vão amar, tanto quanto eu amei.

Beijinhos e até a próxima

Anúncios

Primeira impressões: Marcia Rubim – Pátria Chamada Amor

capapatriachamadaamor

 

Título do livro: Pátria Chamada Amor
Autor (a): Marcia Rubim
Editora: Amazon
Páginas: 627
Gênero: Literatura brasileira, Romance, Ficção
ISBN: B0725X7PZ5

 

 

Sinopse:

A grande obstinação do capitão Christiano Vicenzo é chegar ao topo máximo da carreira, ou seja, ao generalato do Exército. Para alcançar a sua meta, precisa manter uma vida pessoal e profissional irretocável.

Tudo começa a mudar quando ele serve em Niterói e conhece Nina, uma jovem com problemas sociais que ultrapassam – e muito – o que ele idealiza como protótipo de par perfeito. Fascinado pela garota, o militar decide arriscar no relacionamento, mas não imagina que, ao ser convocado para integrar a Missão de Paz no Haiti (MINUSTAH), terá sua história ao lado de Nina tragicamente desviada.

Inconformado com os caminhos que o destino escreveu para si, Christiano vai descobrir com o tempo que a maior batalha na reconquista do amor perdido talvez seja enfrentar as mágoas do passado e que a felicidade não segue regulamentos.

Um romance sensível e resistente ao tempo, que mostra que até mesmo para servir com dignidade à pátria é preciso que a pessoa por trás da farda esteja em paz com o coração.

Primeiras impressões:

Marcia Rubim liberou os 5 primeiros capítulos antes do lançamento, o que eu já posso dizer que foi muito injusto, porque parou bem numa parte que a gente fica curiosa pra saber o que aconteceu. Tipo novela sabe, quando acaba o capítulo bem naquela parte?

Nesse livro a história de Cristiano e Nina, Cristiano é um capitão do exército, e Nina uma estudante de medicina, que tenta sobreviver e pagar as mensalidades da faculdade vendendo roupas de grifes para madames.

Nina nunca sai de casa pra se divertir, sempre do trabalho pra casa, da casa pra faculdade, e estuda no tempo livre que sobra.

Em um determinado dia, sua colega de classe Tatiana a chama pra sair pra uma balada onde só dá homens do exército. Porém, o que ela não sabia é que esse lugar é conhecido por ter prostitutas de luxo. E por causa disso, em um determinado momento que Tatiana acaba deixando ela sozinha, vem um cara mexer com ela, achando que ela é uma dessas mulheres. É nesse momento que Nina conhece Cristiano.

Com esse livro, podemos perceber que Marcia fala sobre o preconceito que algumas pessoas têm em relação a algumas coisas. Que não devemos julgar as pessoas pela aparência, ou pelo lugar que elas estão frequentando. A gente nunca sabe o que as pessoas passam dentro de suas casas para elas fazerem o que fazem.

É uma história tão gostosa, apesar da gente ficar com raiva de como as pessoas julgam sem nos conhecerem.

A capa está linda, a diagramação perfeita, escrita leve, que fluí muito bem. Pela primeira vez, não encontrei erros de digitação em um e-book. Indico à todos essa leitura, tenho certeza que todos vocês vão gostar, assim como eu.

E já estou ansiosa pra saber o resto da história.

Ahhh, o lançamento do livro na Amazon, é hoje, então fiquem ligados!!!

Para comprar o livro, é só clicar nesse link http://a.co/04MJniv 😉

Beijinhos e até a próxima 😘

[Resenha de livro] Entrecontos 1 – Ju Lund

capaentrecontos1julund

 

 

Título do livro: Entrecontos 1 (Coletânea de Contos)
Autor (a): Ju Lund
Editora: Amazon
Páginas: 79
ASIN: B01AGLXFNQ

 

 

Sinopse: 

Com narrativas variadas, Entrecontos 1, convida todos os leitores a entrarem em histórias que “se” não são verdadeiras… Poderiam ser! Compartilhe desta experiência fantástica, todos os contos foram publicados on-line em 2010 pela escritora Ju Lund, e agora possuem seu formato físico. (Im) Possível, Agnes Adal, Dança, Desaparecido, Dia de Cão, Diana Keen, Escuro mais que Noturno, Estranho Conhecido, Fui ao Rio ver Crepúsculo, Halloween, Marcas e Sangue, O Livro de Morgana, O peixe comeu meu sono, Observadores, Pássaro, Pedido Secreto, Presença, Salvo pela Cruz, Seguidas, Zombeteira… São 22 Contos + 1 Poema esperando por você! Tenha uma leitura Fantástica!

Resenha:

ebookentrecontos1

Esse e-book foi totalmente diferente das coisas que eu já li, por ter alguns contos meio macabros, nunca tinha lido nada do gênero.

Os contos macabros, são daquele tipo que te deixa tensa, e quando termina você pensa “Ufaa!”.

Mas o conto “Pássaros”, é um poemo que fala sobre liberdade, gostei tanto que até printei e salvei pra mostrar pra vocês.

contopassarosjulund

Mas já vou avisando, esse é o conto mais leve que tem tá?

A única coisa é que precisa ser revisado, porque tem uns erros de digitação, e no último conto tem uma frase que está faltando uma palavra. Mas nada que atrapalhe a leitura, ou seja um erro grave.

Vale a pena ler!!!