[Resenha de livro] Melanie Gideon – Esposa 22

16-03-29-12-48-20-200_deco

Título do livro: Esposa 22
Autor (a): Melanie Gideon
Editrora: Intrínseca
Páginas: 397
Gênero: Ficção americana
ISBN: 978-85-8057-241-4

 

 

SINOPSE:

Alice e William Bickle se casaram apaixonados. Mas, dois filhos e quase vinte anos depois, Alice está entediada. Por isso, quando recebe um convite por e-mail para participar de uma pesquisa on-line sobre casamentos, ela aceita num impulso. Respondendo às perguntas enviadas por um anônimo e carismático pesquisador, Alice tem a oportunidade de reexaminar a história do próprio relacionamento. Protegidos pelos pseudônimos Esposa 22Pesquisador 101, Alice e o condutor da pesquisa trocam diversas mensagens que acabam tomando um rumo cada vez mais íntimo.

Numa trama que se desenvolve através das respostas ao questionário, e-mails, postagens no Facebook e mensagens de texto, assim como por meio de diálogos estruturados como cenas de teatro (ainda que sua única peça tenha sido um fracasso, Alice continua tendo a alma de uma dramaturga), Esposa 22 faz um retrato honesto e divertido de uma mulher divida entre seus desejos e responsabilidades e as aventuras permitidas pelo anonimato da comunicação digital.

RESENHA:

Esposa 22 é um leve e rápido de ler, eu que só lia no fretado na ida e volta do trabalho, que dá na ida mais ou menos 1 hora e 20 e na volta 1 hora e 30 dependendo do trânsito li em 5 dias, contando os dias que eu não li principalmente de manhã que eu dormia no fretado. É um chick-lit, estilo O Diário de Bridget Jones para quem já leu (eu ainda não li, estou com ele aqui em casa para ler). Trata sobre casamento infeliz, esperança e família.

    Nele conta a história de Alice Buckle, que tem 44 anos, e começa a ficar preocupa com tudo o que está acontecendo, pois foi com essa idade que sua mãe faleceu. Ela não teve a presença de sua mãe em muitos momentos importantes da vida dela.

    Alice conheceu seu marido William no seu trabalho, assim que ela fez a entrevista os dois já tiveram o que se pode chamar de amor à primeira vista, porém eles ficaram escondendo isso por muito tempo, ele porque estava namorando com Helen (que trabalhava no mesmo escritório) e ela porque não achava certo ter relacionamento com uma pessoa que trabalhava na mesma empresa, e que ainda por cima tinha um relacionamento.
    Até que um dia, William não aguentou e terminou com Helen e eles começaram a sair.
Depois de um tempo se casaram e tem dois filhos, o Peter (o mais novo, que Alice é bemm mais próxima dele e que ela acha que é gay), e Zoe (uma adolescente, que está naquela fase que todos nós já passamos ou vamos passar um dia, caso você que esteja lendo esta resenha não seja adolescente ainda).
    O casamento de Alice e William começam a passar por alguns problemas depois de 20 anos de casados, e depois de o William ser demitido por ter feito uma besteira no seu trabalho.
    E então Alice recebe um e-mail para participar de uma pesquisa sobre casamento infeliz, ela fica curiosa sobre essa pesquisa e começa a participar.
    Nessa pesquisa, um entrevistador envia uma série de perguntas e Alice tem que responder com toda a sinceridade dela, para eles analisarem sua situação em seu casamento e darem uma dica para o seu casamento voltar ao que era antes.
    Ao longo dessa pesquisa tudo na vida de Alice e William vai mudando, e mostra realmente situações que para muitos são reais.
    O livro tem um final que realmente me surpreendeu, não esperava de jeito nenhum que fosse acontecer o que aconteceu, achei que fosse ser um pouco mais previsível, mas não.
Indico esse livro para todos que estão com problemas no seu relacionamento, que leiam, pois se você acha que já acabou, às vezes pode ainda restar um pouco de amor entre vocês que faça voltar tudo o que era antes.
   Espero que vocês tenham gostado dessa resenha também, e curtam, comentem o que acharam.
Beijinhos e até a próxima 1f618
Anúncios