Resenha: Anjo Maldito #1, Daniel Marx

capaanjomaldito

Título do livro: Anjo Maldito #1
Trilogia: Viagens na Ficção
Autor: Daniel Marx
Editora: Chiado Editora
Páginas: 332
Gênero: Literatura nacional, ficção policial, fantasia, terror
Nota:

estrela

estrela

estrela

estrela

estrelavazia

Sinopse:

“E disse Deus, haja luz, e houve luz, e viu Deus que tudo que havia feito era bom.
E fez o homem e viu que não era bom que o homem vivesse só, e fez para si uma companheira, carne de sua carne e seu nome era Eva…”

A história, porém não foi bem assim, pois Eva não foi a primeira esposa de Adão, a história que os religiosos sempre procuraram omitir da humanidade está a ponto de vir a tona.

Lilith a primeira humana criada por Deus, mas não da carne de Adão, se revolta e não se submete ao homem e nem ao seu criador, é expulsa do paraíso e promete vingança, foi até o submundo e fez um pacto com o príncipe do inferno, e após milhares de anos ela está pronta para reivindicar o que diz ser seu por direito. Lilith se intitula a rainha do mundo e considera todos os homens seus lacaios, e todas as mulheres suas escravas.

Um portal está prestes a se abrir e o mundo nunca mais será o mesmo, grandes sinais começam a aparecer em todo o mundo e não seria diferente no Brasil.

Uma sociedade secreta trabalha para abrir o caminho entre o mundo paralelo e o nosso. São portadores de grandes segredos: uma estrela, cinco pontas, cinco almas, cinco templos, cinco religiões, cinco mortes. Para que essas mortes aconteçam, e se cumpra a profecia, muitas outras vidas serão perdidas.

Outra mulher com um dom especial trabalhará para evitar que o mundo pereça na escuridão. Elisabeth, uma detetive do departamento de polícia civil de São Paulo empenha todos os seus esforços para deter os assassinatos, porém não imagina o que está por vir, ela pensou que estava a procura de mais um assassino serial, quando na verdade estava diante de um grande e maligno poder obscuro e caberá a ela deter este ser que está prestes a escravizar a humanidade.

Resenha:

Trago para vocês hoje, um livro diferente, pelo menos diferente pra mim, pois nunca tinha lido nada igual.

Anjo Maldito, é o primeiro volume da Trilogia Viagens na Ficção. Trata-se de uma fantasia, misturada com ficção policial, com terror, suspense, mistério e com serial killer.

Só com esses gêneros vocês já podem o quão tenso é esse livro né?

A história se passa na cidade de São Paulo, com um grupo de policiais tendo investigar um mistério envolvendo mortes de pessoas em igrejas.

É tão assustador essas mortes, o autor detalha tão bem as cenas, que você consegue imaginar as cenas, entrar na história mesmo e, chega a dar medo, você termina de ler o livro com uma tensão que só quem ler ou quem leu pode falar.

Para quem gosta de uma ficção policial, uma boa fantasia, um bom terror, eu indico muito. Porque se eu que não tenho costume de ler esse gênero de livro gostei, é porque é bom mesmo.

Anúncios

Resenha: Autorretrato Anônimo, Murilo Bazzo

Título do livro: Autorretrato Anônimo
Autor: Murilo Bazzo
Editora: Chiado Editora
Páginas: 276
Gênero: Literatura brasileira, drama, mistério, romance e lgbt
Nota: 

 

Sinopse:

“Sempre quis ser humano e viver uma vida, qualquer uma; desde que fosse inteiramente minha.”

A melhor parte de um clichê é que ele é verdade! Por mais que tentamos fugir, eles sempre estão lá, escondidos nas arestas inacabadas das histórias que conhecemos. Este livro, por outro lado, não se propõe a esconder nada disso. Ao contrário, trata da viagem inóspita para dentro de si mesmo, o verdadeiro “conhece a ti mesmo”, que o personagem Paulo Macedo de dezessete anos realiza, numa tentativa de compreender a série de revelações devastadoras que culminaram com o desmonte da sua pacata vida de adolescente na capital mais quente do Brasil, segundo dizem. Enfrentar o próprio reflexo é uma tarefa árdua, será que você está apto para isto?

“Quando você se relaciona com alguém, estará se relacionando com todo o passado dela.”

“Os homens têm uma vozinha interior, criada especialmente para esconder as fragilidades do gênero.”

“Por que ir a um lugar já explorado por todos? As melhores histórias estão nos locais inabitados.”

Resenha:

Paulo Macedo é um jovem de dezessete anos, que está no último ano do colégio, se preparando para o vestibular, está na fase decisiva de sua vida.

Paulo tem um pai muito severo e machista, na frente do pai ele respeita as opiniões dele, mas dentro dele, ele não acredita que ele pode ter um pai tão ao extremo como o dele. Por isso, eles estão sempre discutindo.

Paulo achava que ele tinha uma família perfeita, porém nesse último ano do colégio tudo começou a mudar.

Ele está passando por um turbilhão de emoções, se conhecendo e conhecendo o mundo a fora.

Ele não aceita que os pais ou os adultos nunca contam para ele o que realmente está acontecendo só por ele ter dezessete anos.

Autorretrato Anônimo é um livro diferente de todos os que eu já li, pois tem romance, feminismo, lgbt e suspense tudo junto.

Paulo tem um pai extremamente machista, mas acaba fazendo amizade com uma menina que é feminista, então ele fica meio dividido entre tudo o que o pai lhe ensinara e não ser desrespeitoso com a amiga.

Mas com ela, ele se sente a vontade para falar sobre tudo o que pensa, porque apesar de eles terem opiniões diferentes, eles se respeitam.

É essa amiga que vai ajudar Paulo a se descobrir, a abrir a mente dele.

E depois disso a história vai ficando cada vez mais envolvente, de você não querer largar mais o livro.

Porém, todo mundo irá se surpreender com o final, tenho certeza que ninguém vai conseguir adivinhar esse final, é realmente chocante e emocionante.

Super recomendo mesmo!!!!

Resenha: O Ladrão de Sonhos, Sidnei Coelho

capaoladraodeseonhos

 

Título do livro: O Ladrão de Sonhos
Autor: Sidnei Coelho
Editora: Chiado
Páginas: 190
Ano: 2016
Gênero: Literatura brasileira, fábula, conto, drama, romance
Nota: estrelaestrelaestrelaestrelaestrela

 

“Às vezes as pessoas vivem nas sombras daquelas que nasceram para brilhar, porém, se por um motivo qualquer, o brilho cessar e houver, um momento de escuridão, essas serão as primeiras a partir.”

 

“De tanto tentar, enfim dominou a si mesmo e, dominando-se passou de expectador a autor.”

 

“O poder pode mudar as pessoas e mostrar um lado tão obscuro que desafia qualquer profecia.”

Sinopse: 

Ele nasceu predestinado a fazer coisas grandiosas e de fato sua juventude foi muito promissora. Mas eventos inesperados transformaram o jovem Lincon em um homem sozinho e esquecido. Dezessete anos se passaram, quando ele descobriu o poder sombrio de roubar sonhos, transformando uma cidade inteira em um lugar de trevas e solidão. Só que um encontro inesperado mudou tudo o que ele pensava sobre a vida e essa pessoa se tornou a única esperança de todas as vidas que ele destruiu.

Nota do Autor: O Ladrão de Sonhos aborda os paradigmas da eterna luta do bem contra o mal, desafiando o leitor a entender o que levou o jovem Lincon para longe dos seus objetivos. O rapaz se perdeu e tentou levar consigo o máximo de pessoas possível. Estava decidido a levar as trevas por toda a região e também no mundo inteiro. Contudo, ele não contava com algo que surgiu em seu caminho e, talvez essa seja a única esperança dos sonhos que ele roubou.

“Um lugar sem sonho torna-se frio e vazio.”

 

“Quando você rouba um sonho, você aprisiona também sua alma e a pessoa nunca mais viverá em paz, pois lhe faltará algo importante, faltará o elo. Você não rouba somente um sonho, você rouba a vida.”

 

“Não há mudanças sem esforços e que até mesmo os presentes divinos precisam ser lapidados, pois eles não vêm prontos. Cada um precisa dar o seu toque especial e só assim eles produzirão frutos.”

Resenha:

O Ladrão de Sonhos conta a estória de Lincon Walter, um menino prodígio, que tinha tudo para se dar bem na vida.

Em uma época ele e os amigos estão fazendo um projeto, no qual ele teve a ideia, porém na hora de fechar o que cada um ia ganhar, ele quis ter uma porcentagem maior nos lucros, já que ele teve a ideia. Tudo começa a desandar a partir desse momento.

Ele desiste de tudo e todos, inclusive de sua família, e vai viver nas ruas.

Lincon no tempo que se afastou descobriu que tem um dom, o dom de entrar no sonhos das pessoas e poder roubar esses sonhos. Mas ele só rouba os sonhos de pessoas felizes, porque ele tem inveja delas.

Em um certo dia, ele sonha com uma menina, quando no sonho ele chega perto dela e ela o enxerga e ela até conversa com ele, ele fica cismado com isso, mas tão cismado que ele sai desse sonho sem roubá-lo.

Depois ele volta, mas não consegue roubar do mesmo jeito.

Então, ele decidi procurar pela irmã dele mesmo dezessete anos após ele ter sumido do mapa, já que ela que o alertou que aconteceria uma mudança em sua vida.

A irmã fala para ele dar uma chance a essa menina e tentar ouvir tudo o que ela tem pra falar, porque provavelmente ela está querendo dizer alguma coisa pra ele.

O que ele não imagina é que essa menina pode ser a salvação da vida dele.

Como vocês podem ver, O Ladrão de Sonhos é um livro curto, mas que tem muitos ensinamentos.

E parece que esse livro é o primeiro volume de uma saga, então vamos esperar e ver o que o autor vai preparar pra gente.