Resenha: 18 Anos de Solidão, Ricardo Tagliaferro

Título do livro: 18 Anos de Solidão
Autor: Ricardo Tagliaferro
Editora: Louisiana
Páginas: 157
Ano: 2016
Gênero: Literatura brasileira, ficção, romance, depressão, suicídio
Nota: 

 

“A morte é mesmo injusta, leva quem quer viver e deixa quem quer morrer. Acho que é essa mesmo a intenção dela, livrar os que não merecem do sofrimento e deixar quem causa dor por aqui para enfim colher o que plantou.”

Sinopse:

Uma morte, um mistério, uma saudade. 18 anos de solidão dá continuidade a “100 cartas de uma saudade” e conta a vida de Manoella depois que Lincoln se foi, explica os atos que a induziram a cometer o maior erro de sua vida e nos mostra uma mistura de medo, solidão e egoísmo que transformou a vida de duas pessoas.

“Às vezes o que achamos que é melhor para nós pode estar nos matando sem que percebamos.”

Resenha:

Esse livro é continuação do que eu postei ontem, 100 Cartas de uma Saudade.
É escrito por Manoella, e com ele a gente pode entender o que se passava na cabeça dela pra ela querer fazer tudo o que fez.
Apesar de um lado meu achar que ela mereceu passar pelo que passou, outro lado acha que ela realmente não tinha a intenção de deixar as coisas chegarem ao ponto que chegou.
Ela em nenhum momento teve maldade em suas ações, em nenhum momento fez de propósito.
Como ela mesma fala no livro, ela só soube receber um amor tão intenso e verdadeiro, ela não estava preparada.
E também existem amores que não foram feitos para serem vividos e sim sentidos. Porque as pessoas não sabem ter esse amor.
Quem ler esses livros, acho que pode ter a mesma opinião que a minha. E quero que vocês me contem mesmo, porque é um assunto que merece debate.
Parabéns ao autor por ter trazido esse assunto de uma forma simples, e que faz a gente refletir muito.

Anúncios

Resenha: 100 Cartas de uma Saudade, Ricardo Tagliaferro

Título do livro: 100 Cartas de uma Saudade
Autor: Ricardo Tagliaferro
Editora: Autografia
Páginas: 164
Ano: 2015
Gênero: Literatura brasileira, romance, depressão, suicídio
Nota: 

 

 

“Desde criança nós ouvimos que sempre estamos onde queremos estar, mas não é bem assim, pois acredito que estamos onde a vida quer nos colocar.”

 

Sinopse: 

O que aconteceria se teu ar lhe fosse tirado? O que aconteceria se a coisa mais importante da sua vida fosse roubada? O que aconteceria se o amor de sua vida nunca tivesse existido? Um homem destinado a escrever palavras de amor e saudades para alguém que talvez nunca vá ler. Ele simplesmente se vê obrigado a reaprender a viver (…) 100 Cartas de uma Saudade relata a historia de um jovem rapaz que tenta lidar com o frio da serra gaúcha, a falta de imunidade e a pior de todas as saudades: A do amor de sua vida. Um livro que mostra que nem todas as cartas de amor são clichês e quem nem todos que se vão, tem a oportunidade de voltar a tempo.

“Talvez eu seja só mais um romântico idiota e dramático que já desistiu de ser diferente, até ter motivos muito fortes para isso.”

Resenha:

Livro perfeito para o mês de Setembro: Setembro Amarelo – depressão.
A estória é triste, fala sobre Lincoln e Manoella.
Manoella ao se ver indecisa sobre o seu amor por Lincoln, o abandona e inventa uma estória de foi internada em uma clínica por causa da sua depressão. Fez a família e amigos confirmar a estória, e a até a clínica dizendo que ela não queria mais vê-lo, que a causa de ela estar assim era ele mesmo.
Lincoln apesar de não querer ficar longe, entendeu e se afastou.
Para passar o tempo, ele começou a escrever cartas praticamente todo dia para ela, contando sobre o seu dia, e o seu amor por ela.
Todos os amigos de Lincoln e a família, o alertava de que isso era loucura, porque ninguém sabia se ela voltaria mesmo.
Mas ele resolveu esperar do mesmo jeito.
Manoella não é aquela personagem que você fica torcendo para que fique junto com o seu amado não, a contrário, você torce para que fique bem longe. Porque o que ela fez foi de uma crueldade sem tamanho.
Esse foi o meu primeiro contato com o autor, e gostei bastante. A leitura é bem fluída, e pelo livro ser curtinho, terminei em 2 dias.
Vale super a pena!!