Resenha: Dândis de Selma, Nicolás Irurzun

Título do livro: Dândis de Selma
Autor: Nicolás Irurzun
Editora: Giostri Editora
Páginas: 172
Gênero: Literatura brasileira, comédia
Nota: 

 

 

Sinopse:

Selma nunca gostou de futebol e, na faculdade, tinha desprezo por Norberto. A vida dá volta e, agora, tornou-se treinadora do pior time da região presidido justamente pelo ex-colega. Pra piorar, reencontrou o ex-namorado enraivecido. Nessa trajetória, cruza com Pitanga, adolescente envolvido com o crime e que pretende um lugar na equipe. Perseguido pelo Delegado, o menor busca no esporte o meio para mudar de vida. Cada qual à sua maneira, Selma e Pitanga atravessam situações divertidas para superar erros do passado.

Resenha:

Pra mim, esse livro foi uma grande surpresa, pois não esperava nada do que ele é. Realmente não sabia do que se tratava.

Dândis de Selma, é um livro de comédia, apenas de comédia. Apenas de comédia, acho que nunca tinha lido nada, sempre tem um romancinho junto.

Primeiro vamos começar explicando o que é “dândis” para quem não souber, como eu não sabia.

Dândis, é aquele homem de bom gosto e fantástico senso estético, mas que não necessariamente pertencia à nobreza. O dândi é o cavalheiro perfeito, um homem que escolhe viver a vida de maneira leviana, ou seja, sem seriedade, que não tem consideração com o outro e, superficial.

No começo desse livro pensei ser um livro bem machista, de certa forma é um livro machista, porque a personagem Selma, coitada, por querer ser treinadora de um time de futebol masculino, é super maltratada, até por mulheres.

O único que a tratava bem era por incrível que pareça o seu ex-colega de faculdade, que tanto ela desprezava na época.

Porém, Selma acaba prometendo a si mesma que vai mostrar à todos, de que é capaz de mudar o futuro do pior time da cidade.

É um livro divertido, que fala de futebol e que vai agradar tanto homens quanto mulheres. A gente consegue ler em um dia ou dois dias, pois é um livro pequeno de 172 páginas, pelo menos eu consegui.

Apenas lembrando, três estrelas é considerado BOM.

Essa foi a última resenha do mês de novembro, no próximo mês vou trazer mais novidades de livros pra vocês.

Anúncios