Resenha: O Hobbit, J. R. R. Tolkien

Título do livro: O Hobbit
Autor: J. R. R. Tolkien
Editora: Martins Fontes
Páginas: 299
Gênero: Literatura estrangeira, aventura, fantasia
Nota:

 

 

Sinopse:

Bilbo Bolseiro é um hobbit que leva uma vida confortável e sem ambições, raramente aventurando-se para além de sua despensa ou sua adega. Mas seu contentamento é perturbado quando Gandalf, o mago, e uma companhia de anões batem à sua porta e levam-no para uma expedição. Eles têm um plano para roubar o tesouro guardado por Smaug, o Magnífico, um grande e perigoso dragão. Bilbo reluta muito em participar da aventura, mas acaba surpreendendo até a si mesmo com sua esperteza e sua habilidade como ladrão!

Resenha:

Esse é um grande clássico de J. R. R. Tolkien, foi com ele que iniciou O Senhor dos Anéis. Sim, pra você entender O Senhor dos Anéis, precisa começar por esse.

Vamos começar explicando o que é um hobbit afinal.

Segundo uma explicação dada no livro, hobbit são (ou eram) um povo pequeno, com cerca de metade da nossa altura, e menores que os anões barbados. Os hobbits não tem barba. Não possuem nenhum ou quase nenhum poder mágico, com exceção daquele tipo corriqueiro de mágica que os ajuda a desaparecer silenciosa e rapidamente quando pessoas grandes e estúpidas se aproximam de modo desajeitado, fazendo barulho como um bando de elefantes, que eles podem ouvir a mais de uma milha de distância. Eles têm tendência a serem verde e amarelo), não usam sapatos porque seus pés já têm uma sola natural semelhante a couro, e também pêlos espessos e castanhos parecidos com os cabelos da cabeça (que são encaracolados); têm dedos morenos, longos e ágeis, rostos amigáveis, e dão gargalhadas profundas e deliciosas (especialmente depois de jantarem, o que fazem duas vezes por dia, quando podem).

     Esse é Bilbo!

Como fala na sinopse, Bilbo estava em sua casa, de repente Gandalf toca a campainha e trás com ele vários anões, sem nem avisar, para ceiar em sua casa.

Bilbo, já não sabia mais o que fazer, e queria saber o porque de tudo aquilo. Quando por fim, arrastaram ele para uma grande aventura.

Os anões queriam encontrar um tesouro que lhes pertencia um dragão muito poderoso havia roubado e escondia há anos, e Gandalf sabia que o Bilbo conseguiria ajudá-los nessa expedição.

Com os livros de Tolkien, esse foi o meu primeiro contato com J. R. R. Tolkien. Só tinha assistido a trilogia do Senhor dos Anéis e virei fã.

Há muitos anos, quando foi lançado a trilogia Senhor dos Anéis, tentei ler, mas acho que por eu ser bem nova, não entendi nada, e nem dei continuidade na trilogia, parei logo no primeiro volume.

Agora dei mais uma chance, mas falar que eu ameiiii o livro vou estar mentindo, porque eu apenas gostei. Acho que ele fica melhor mesmo em filme. Quando eu assistir o filme do O Hobbit venho contar o que eu achei por completo pra vocês.

Anúncios