Resenha: Coração de Poeta, Marcos São Mateus Mônaco

 

Titulo do livro: Coração de Poeta
Autor: Marcos São Mateus Mônaco
Editora: Lura Editorial
Páginas: 256
Gênero: Literatura brasileira, biografia, poesia e história
Nota:  

Onde comprar: Amazon 

 

 

Sinopse:

Autor da letra do hino do estado do Rio de Janeiro e patrono da cadeira 42 da Academia Fluminense de Letras, Antônio José Soares de Souza Júnior foi um dos escritores brasileiros mais aplaudidos no século XIX. Atuou com sucesso em todos os ramos da literatura. Abolicionista e republicano, o escritor, jornalista, engenheiro, tradutor e funcionário público Soares de Souza Júnior defendeu o respeito aos direitos humanos em todas as dimensões, por meio de uma vasta obra literária composta por reportagens, crônicas, contos, poesias, romances-folhetins, traduções, dramas e comédias teatrais.
Com o objetivo de demonstrar a sua importância literária e de começar a resgatar o seu legado, Coração de Poeta, em prosa e verso é a primeira obra já escrita especificamente sobre ele, com informações biográficas, recortes de jornais e transcrições de críticas da época (primeira parte), além de uma pequena antologia de poesias (segunda parte) e de contos (terceira parte).

 

“A imprensa é o verbo de Deus iluminando a humanidade; é o sol da civilização e do progresso; é o defensor do povo, que se introduz em toda parte, destruindo abusos, profligando iniquidades, exalçando a virtude e punindo o crime.”

Resenha:

A Lura e o Marcos conseguiram trazer a biografia do autor do hino nacional do Rio de Janeiro e do dono da cadeira 42 da Academia Fluminense de Letras.
A biografia é dividida em três partes: a história da vida dele, as poesias e os contos.
Antônio José Soares de Souza Júnior nasceu na Paraíba do Sul – RJ, que é próxima com a divisa de Minas Gerais.
Souza Júnior, além de poeta, ele era engenheiro, teatrólogo, jornalista, educador, empresário e político.
Tinha como características marcantes: o idealismo, amor ao trabalho, retidão de caráter, sinceridade e cordialidade.
Como todos os poetas da sua época, ele também defendia os ideias abolicionista e os republicanos. Republicanos que na língua de hoje significa conservador.
Até seus 18 anos, ele estudou na Paraíba do Sul. Depois mudou-se para a Corte, passando a estudar na Escola Central, que depois passou a ser chamada de Escola Politécnica. E foi exatamente nesse período que ele começou a escrever seus romances sob o pseudônimo de Kock Júnior publicados pela Editora Garnier.
Soares foi um dos fundadores da primeira escola noturna de Paraíba do Sul. E ele foi nomeado pelo presidente da província do RJ, inspetor das escolas do distrito da cidade de Paraíba do Sul.
Foi também um dos fundadores do Partido Republicano da cidade.
Por conta de sua sátira poética, se envolveu em várias polêmicas e respondia as críticas em forma de poesia em seu jornal.
Com tanto sucesso ele adoeceu, mas mesmo doente não parou de trabalhar, só diminuiu o ritmo.
Soares Júnior, teve uma morte prematura. Aos 41 anos faleceu de uma tosse tísica, o que para nós hoje é conhecida como tuberculose, uma doença que levou muitos jovens da época, jovens como: Castro Alves, Casimiro de Abreu, Anton Tchekhov, entre outros.
Quando a gente vê que o livro é uma biografia, a gente já meio que vira o olho, porque pensa que vai ser super a chata a leitura. Mas esse livro pelo menos não é assim, li em uma semana e me fez ficar com vontade de ler mais sobre Soares Júnior.
Se eu achar mais livros dele, eu mostro aqui pra vocês, porque apesar do sucesso dele, ele não e comentado hoje em dia, parece até que ele nunca existiu.
Para quem gosta de história e poesia, esse livro é um prato cheio.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s