Lançamentos de Livros Editora L&PM Março 2017

SOBRE_O_AMOR_1485829469649506SK1485829469BTítulo do livro: Sobre o Amor
Autor (a): 
Bukowski
Páginas: 224

Sinopse: Esta coletânea traz poemas de Charles Bukowski sobre o amor, este inescapável sentimento que, sim, fulminou muitas vezes o coração empedernido do Velho Safado. Homem de emoções intensas (certa vez chamado por um editor de “um louco passional”), o poeta se debruçou sobre o sentimento amoroso em seu sentido amplo: paixão, sexo, desejo, amor paterno… As complicações e os prazeres do amor e suas ramificações são abordadas de forma ora crua e rude, ora terna e sensível. Temos aqui um largo espectro: vemos todo o egoísmo, o narcisismo, a ironia, o mistério e a miséria desse sentimento eminentemente humano e, em última análise, seus momentos de alegria e, quem diria?, seu poder redentor.

Compilados por Abel Debritto, biógrafo do autor, os versos livres revelam um Buk brilhante, divertido, brincalhão, metafísico, às vezes doce, ao refletir sobre sua filha, suas amantes, suas aventuras, seus amigos e seu trabalho. Aqui, o tema do amor é usado como um prisma através do qual ele enxerga o mundo como ele é, em toda sua beleza e crueldade, e assim o divide conosco. Eis Bukowski desnudo, no auge de sua ferocidade e vulnerabilidade, em poemas antológicos.

O_MELHOR_DE_MEU_REINO_POR_UM_C_1487860952657459SK1487860952BTítulo do livro: O Melhor de meu Reino por um Cavalo
Autor (a):
Ivan Pinheiro Machado
Páginas: 240

Sinopse: Palavras podem mudar o mundo. Podem ferir, chocar, emocionar, podem levantar multidões ou simplesmente fazer rir, divertir e encantar. Foi com palavras que Churchill deu aos ingleses ânimo e esperança para lutar e superar o inimigo nazista, que parecia invencível. Foi com palavras que Shakespeare imprimiu sua marca nos séculos e tornou-se eterno. Como esses dois exímios esgrimistas da palavra, há centenas de mulheres e homens de brilho esfuziante, que criaram frases, textos, romances, poemas e aforismos inesquecíveis. Se há frases que são geniais pelo espírito, humor e ironia, há também frases que ajudaram a mudar o mundo.
Meu reino por um cavalo! parte do famoso brado do Rei Ricardo na peça Ricardo III, de William Shakespeare e percorre centenas de ditos, aforismos e fragmentos de textos produzidos através dos séculos, que ainda têm grande ressonância no mundo em que vivemos. A ideia foi compor um livro que fosse útil, inspirador, curioso, e que ao mesmo tempo prestasse uma homenagem à inteligência, a estas mentes capazes de cunhar frases que despertam em nós todo tipo de sentimento. O leitor vai percorrer vários universos que vão desde aspectos das relações humanas, como o amor, o desamor, a amizade, o drama de existir, a vida e a morte, até o mundo em conflito, em que grandes personagens se sobrepuseram às armas com palavras e, com elas, contribuiu para mudar o rumo da história.
Esta versão editada agora na Coleção L&PM POCKET reúne em um volume uma seleção de frases e ilustrações que compõem os livros Meu reino por um cavalo!

LADY_SUSAN_OS_WATSON_E_SANDITION_836463547B

Título do livro: Lady Susan, os Watson e Sandition
Autor (a): 
Jane Austen
Páginas: 240

Sinopse: Não se sabe ao certo quando Jane Austen (1775-1817) escreveu o romance Lady Susan; estima-se que entre 1794 e 1805. O que se sabe é que ela preferiu não apresentar o texto para publicação, e este permaneceu desconhecido por mais de cinquenta anos após a morte da autora.

Lady Susan põe em cena uma bela e ardilosa aristocrata que se tornou viúva e não hesita em manipular as ­pessoas – principalmente os homens – ao seu bel-prazer. Monstro ­egoísta, joga com o destino da filha – que considera sem charme e sem inteligência –, com seus sobrinhos, e se mostra a personagem mais calculista e odiosa já criada por Jane Austen. Em nenhuma outra obra ela abordou os costumes e a moral da época de forma tão satírica. E, ao que parece se divertiu muito criando Lady Susan e os demais personagens. Este volume traz também Os Watson e Sanditon, duas obras inacabadas da autora que, apesar de ter morrido muito cedo e produzido pouco, vem conquistando legiões de leitores ao longo dos séculos, até os dias de hoje.

1fbb784ab7ad8120be5828f08d0ad804BTítulo do livro: Macunaíma – O Herói sem Nenhum Caráter
Autor (a): Mário de Andrade
Páginas: 240

Sinopse: Escrito em uma semana de dezembro de 1926 e publicado pela primeira vez em 1928, Macunaíma é um clássico nacional, mas nem sempre foi assim. A consagração começou nos meios acadêmicos ainda nos anos 1960, e continuou com adaptações para o cinema e para o teatro, com edições em língua estrangeira e finalmente quando passou a estar presente em todos os programas de ensino do Brasil. Bebendo na água da tradição indianista encabeçada por José de Alencar e ao mesmo tempo ultrapassando-a, Mário de Andrade (1893-1945) criou uma narrativa alegórica, mescla de lendas e dizeres populares, que conta a história de Macunaíma, “o herói sem nenhum caráter”, índio nascido negro, mas que se torna branco ao chegar à megalópole paulistana.
Exemplar do modernismo brasileiro, Macunaíma rompeu barreiras ao se aproximar da língua brasileira cotidia­na. Até hoje, não cessa de nos fascinar e a impor reflexões sobre a cultura nacional e o modo brasileiro de ser e se pensar. Esta nova edição, inteiramente comentada e anotada, traz também resumos dos capítulos e, como anexo, o capítulo “As três normalistas”, que constava na primeira edição da obra.

A_MINA_DE_OURO_E_OUTRAS_HISTOR_14838127935149SK1483812793BTítulo do livro: A Mina de Ouro e Outras Histórias
Autor (a): Agatha Christie
Páginas: 240

Sinopse: Forças sobrenaturais, espíritos de outro mundo, enigmas terrenos. Não importa se o perigo vem do além ou da casa ao lado, Agatha Christie nos transporta para quinze mistérios não necessariamente policiais – às vezes os mistérios vêm da alma. Como em “O estranho caso de sir Arthur Carmichael”. Nessa história, Arthur, um rapaz simpático e amável, vai dormir com a saúde impecável e na manhã seguinte é encontrado perambulando pelas ruas, assustado, incapaz de reconhecer qualquer pessoa. O mais estranho é que todos evitam falar sobre o que está acontecendo. Neste conjunto de relatos publicados nos anos 20 e 30, não espere encontrar respostas objetivas. Alguns mistérios estão fadados a permanecer assim, mistérios…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s